quarta-feira, 13 de setembro de 2017

O PODER DE CURA DA LAVANDA -FITOENERGÉTICA







O óleo essencial de lavanda pode ser utilizado em massagens, difusores aromáticos, para harmonização de chacras, entre outros usos. Seu princípio ativo equilibra a psique e o emocional.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

O poder de cura dos Óleos Essenciais


Os óleos essenciais são produzidos pela extração dos princípios ativos contidos nas plantas, que têm propriedades curativas. Concentrados, atuam no corpo por meio da inalação, massagem, escalda-pés, difusor.
Com aromas, cores, densidades e propriedades diferentes, os extratos possuem características de cura particulares.

A indústria farmacêutica utiliza os princípios ativos das plantas, sintetizando apenas aquele com o qual identificam a maior atividade no processo curativo. Deste modo, perde-se a composição química natural de cada espécie e seu principio vital energético. Daí surgem os efeitos colaterais consequentes da manipulação alopática.

Na utilização das plantas para a produção dos óleos essenciais, mantemos suas propriedades naturais e curamos as raízes dos desequilíbrios  do corpo, sem danos ao sistema psicobioenergético. Não é apenas o aroma que promove a cura e sim, principalmente, o poder de seus princípios ativos voláteis contidos nos óleos, que penetram pela pele ou pela inalação, adentrando o organismo, interferindo beneficamente.

Algumas pessoas confundem erradamente os óleos essenciais com fragrâncias. É importante esclarecer  que as fragrâncias possuem somente o aroma, enquanto os extratos são poderosos medicamentos naturais para a saúde.

Não é apenas um "cheirinho bom e agradável" ...

Os aromas atuam no sistema límbico, em que o olfato é o sentido mais dominante.
Sabe aquele aroma que lhe remete a coisas do passado?
São as memórias aromáticas que encaminham nossas emoções. Porém, não podemos dizer que os óleos têm serventia apenas para a aromaterapia.

Além disto, são portadores do prana das plantas, a energia sutil que emana de todos os seres vivos e que os molda. A natureza é nossa essência e dela dependemos para nos manter saudáveis.
Quando aprendemos a nos conectar a ela, deixamos de agredir o nosso ser integral  com altas doses de medicamentos, camuflando os sintomas.

A harmonia do corpo está em se harmonizar com sua natureza. Enquanto a alopatia se preocupa com os sintomas, a Natropatia se dedica em curar as causas.


Namastê!




quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Os órgãos e as emoções


A Medicina Tradicional Chinesa - MTC  considera a interação entre as emoções e a saúde física como base para diagnosticar e tratar os desequilíbrios.  Cada emoção reflete de uma forma diferente na homeostase do corpo e no fluxo energético, o ch'i.

Não podemos avaliar separadamente o homem de suas emoções. Elas interferem em sua saúde, tanto quanto o seu estado físico altera o emocional.

As cinco emoções principais contidas no conhecimento da MTC são:
ansiedade, medo, tristeza, raiva e alegria.

As emoções provocam doenças somente quando são exageradas e prolongadas. Na medida certa elas são a força que movimenta a energia saudável. Não podemos restringir as emoções de forma simplória aos estados de desequilíbrios. Cada emoção pode afetar outros órgãos além de seus específicos. As considerações a seguir são apenas uma pequena amostra de algumas possibilidades, entre tantas combinações entre emoções e a psicossomática.

ANSIEDADE/ BAÇO/PÂNCREAS 
Os pensamentos preocupantes são os elementos da ansiedade que provocam a estagnação energética. O baço-pâncreas e o órgão responsável pela atividade mental, sendo que a preocupação e o excesso de pensamentos geram seu desequilíbrio. Esta condição pode também afetar os pulmões.
Na ansiedade a respiração é superficial, causando sensação desconfortável no tórax, aperto e dispneia. Ela pode provocar mal-estar e dor epigástrica, distensão abdominal, fadiga, entre outros sintomas. O estômago, víscera correspondente ao baço-pâncreas pode ser afetado pela gastrite.O elemento que regem é a terra.

MEDO/RINS
Quando alguém fica com sua energia estagnada na emoção do medo, em estado crônico, os rins, órgãos responsáveis pela força de vontade, são afetados. Incontinência urinária, diarreia. O trauma afeta também o coração. O medo esgota a energia dos rins. A bexiga é sua víscera correspondente. O elemento que regem é a água.

TRISTEZA E PESAR/ PULMÕES
Os pulmões são os órgãos que se relacionam com a tristeza, que advém de pensamentos sobre o passado, mágoas e ressentimentos. Também afeta o coração. Problemas respiratórios, alergias. Voz fraca, dispneia, choro fácil. Elemento metal, víscera correspondente intestino grosso.

RAIVA/ FÍGADO
Frustração, fúria e indignação são os impulsos da raiva. Afetam o fígado, estagnando sua energia. Problemas menstruais, nas articulações. Enxaquecas, problemas de visão, boca amarga. Elemento madeira, víscera correspondente vesícula biliar.

ALEGRIA/CORAÇÃO
A alegria se perde na euforia que desequilibra o coração, seu órgão especifico. A víscera correspondente é o intestino delgado. Insônia, pensamentos confusos, perda de consciência.
No coração habita a consciência ou espírito shen.

A expressão das emoções no corpo são fatores que determinam o estado de saúde ou de doença. A energia de cada emoção mobiliza o corpo energético emocional.
Por meio da acupuntura e da psicoterapia oriental transpessoal podemos harmonizar o fluxo energético e a saúde como um todo.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Naturopatia e Terapias Orientais

Tai-Ji


A Naturopatia é uma ciência da área da Saúde que orienta a utilização das terapias naturais para promover o bem-estar e qualidade de vida de forma integral, gerando harmonia e equilíbrio do ser humano com o meio em que vive. As terapias são fundamentadas em métodos naturais milenares e modernos com eficácia terapêutica comprovada, visando conscientizar o indivíduo de sua condição de saúde e de seu estilo de vida, ao mesmo tempo em que trata de sua integridade física e psicológica.

O Naturopata aplica procedimentos terapêuticos corporais, energéticos e vibracionais para o tratamento dos desequilíbrios físicos, psicológicos e energéticos (psicobioenergética). Tem uma visão holística do ser, tratando-o em sua totalidade.

A saúde é um processo dinâmico de interação entre corpo, mente e emoções em uma relação de reciprocidade com o ambiente e suas influências.

Como é realizado o Tratamento pela Naturopatia?
Após colher por entrevista informações detalhadas sobre o cliente e sua rotina diária, é realizada uma avaliação das disfunções fisiológicas, sistêmicas, energéticas e vibracionais por palpação e observação de aspectos físicos e posturais.

O Naturopata aplica procedimetnos terapêuticos manipulativos, energéticos e vibraiconais e recomenda a prática de exercícios, o uso de essências florais e fitoterápicos com o objetivo de reconduzir o cliente ao equilíbrio energético, fisiológico e psico-orgânico; bem como argilaterapia, cataplasma e óleos essenciais visando sua saúde e bem estar.
Os atendimentos têm como foco o reconhecimento e a mudança dos padrões corporais, psicológicos, emocionais e energéticos responsáveis pelo estado de desarmonia.


Para quais distúrbios a Naturopatia é recomendada?

A Naturopatia é recomendada tanto para prevenir como promover a saúde integral e portanto é indicada para quaisquer desequilíbrios, pois abrange técnicas naturais e não substutui nenhum tratamento médico convencional. Pautada numa visão holística do indivíduo e da saúde, seus instrumentos terapêuticos cooperam e expandem as possibilidades de retorno à saúde do indivíduo, agindo de modo a complementar as limitações de outras terapias. A Naturopatia não faz diagnósticos e não se detém aos sintomas, mas sim, ocupa-se em buscar as causas tendo como objetivo a saúde integral. Entre os desequilíbrios mais comuns os quais a Naturopatia traz ótimos resultados, estão os problemas crônicos e doenças autoimunes:
Dores musculares, problemas do nervo ciático, fibromialgia, ATM, Síndrome do Túnel do Carpo, gastrites, rinites, sinusites, asma, artrites, artroses, TPM, TOC, hipertensão, alergias, transtornos psicológicos, obesidade e outros.
A Naturopaita é muito positiva como terapia coadjuvante nos processos de doenças oncológicas, auxiliando como parceira e cuidadora do paciente, proporcionando um apoio em todas as fases do tratamento.

Terapias e práticas oferecidas: 


Após a primeira consulta, o Naturopata junto ao cliente recomendará as práticas e tratamentos mais indicados para cada caso em particular.



ACUPUNTURA, REIKI, FLORAIS, CROMOTERAPIA, ARGILATERAPIA, FITOTERAPIA


Através da associação dessas técnicas corporais-energéticas ou pela utilização isolada, os corpos físico/mental e energético são tratados em suas deficiências e estagnações, produzindo alívio e consequente retorno à saúde. (Para uma maior compreensão sobre o corpo energético leia sobre o assunto na página específica)

PSICOTERAPIA DA MEDITAÇÃO E YOGATERAPIA
A visão oriental sobre a vida e a saúde sugerem uma expansão das limitações que a cultura ocidental apresenta. Os conflitos psicológicos e os desequilíbrios físicos atuais denotam uma desconexão do ser com seu próprio corpo e com sua essência.

A prática meditativa e a yogaterapia proporcionam a reconexão do ser consigo mesmo, treinando a atenção, melhorando a capacidade de concentração e memorização. Através das práticas ocorre uma alteração positiva no sistema endócrino e na liberação de hormônios.

Os hormônios do estressse, causadores de uma série de doenças autoimunes e distúrbios psicológicos são substituidos durante a psicoterapia por hormônios que prodruzem relaxamento e bem estar. Uma mudança gradativa no metabolismo surge à partir do domínio que o indivíduo passa a ter sobre si mesmo, sua vida e sua saúde.
Meditar significa atenção e contemplação e yoga significa união de corpo e mente.

(Para conhecer um pouco sobre neurofisiologia da meditação leia mais na página
específica sobre o assunto.)

 MASSAGENS TERAPÊUTICAS ORIENTAIS E REFLEXOLOGIA

 
Zen ShiatsuTécnica japonesa de saúde,que
associa o Shiatsu à sabedoria Zen. Trabalha o corpo
de forma profunda mas suave, sem a agressividade
do Shiatsu .
Ayurvédica Originária da India, atua no corpo
através de alongamentos e harmonizacão dos chacras.
Tui-ná Massoterapia chinesa.
Reflexologia Podal Massagem e pressão em pontos reflexos do pé relacionados aos diversos órgãos do corpo. Cada ponto tocado estimula o órgão a ele conecctado.

MUSICOTERAPIA

Curso Livre de Teclado (Vide abaixo)

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Esvaziando a Mente



Resistência às Mudanças

Todo estado de desequilíbrio requer que se assuma a responsabilidade no processo de retorno à saúde e a disponibilidade para mudanças.
Às vezes não parece fácil mudar! Habituamo-nos a um estilo de vida nem sempre muito saudável com vicios e hábitos antigos e não nos damos conta do prejuízo acarretado. Quando a desordem se instala e somos confrontados pela doença, logo recorremos a tratar dos sintomas incômodos que o mal nos provoca.
Esquecemos porém de ir de encontro à causa e passamos anos convivendo com o problema e com enfermidades crônicas que, carregamos como resistência às mudanças.
Quais são os pensamentos, as preocupações, os sentimentos e as atitudes que sustentamos diariamente?
Quais são nossas limitações e preconceitos?
Mudar significa experimentar o desconhecido, o novo, o diferente.
Ser alguém diferente! Cada nova manhã nos dá a oportunidade de um novo recomeço, a oportunidade de renovação e transformação.
Abrir portas e janelas que se mantinham até então trancadas, limpar a casa interior, se desfazer dos cacarecos e das coisas inúteis, abrindo espaço e claridade para o novo.
Para aprendermos a escolher melhor precisamos estar abertos a experimentação.
Nadya Prem

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Musicoterapia - Curso Livre de Teclado


Não só na infância, mas em todas as fases da vida, a música tem um papel fundamental na formação do indivíduo. Por não ser processada em uma única região do cérebro, mobiliza as mais diferentes funções cognitivas ao mesmo tempo, favorece a organização mental e o desenvolvimento cerebral.
O estudo de um instrumento musical, mesmo sem pretensões artísticas, desenvolve e fortalece a memória, contribui para aliviar tensões, ativa a percepção auditiva e o raciocínio.
Não existe limitações de idade para quem tem vontade de aprender a tocar um instrumento.
A musicoterapia através das vibrações sonoras e da audição de determinados sons musicais, altera positivamente saúde fisica, mental e emocional.
O som reverbera no corpo que imediatamente entra em sintonia com a frequência vibratória emitida pelas notas musicais.
Experiências atestam que obras de Mozart e Beethoven provocam melhorias no funcionamento cerebral, reforçando as ligações responsáveis pelo aprendizado e pela inteligência. A coordenação motora também é extremamente beneficiada no aprendizado do instrumento.

CURSO LIVRE DE TECLADO

Oferece recursos técnicos práticos e teóricos para a execução e interpretação de quaisquer repertórios popular e erudito.
O curso contém quatro módulos que duram em média um semestre cada, com aulas 1 x semana.